Centro de Visitantes Tamar - Vitória/ES


E naquela de atualizar os posts sobre o que fazer na capital capixaba, chegou a hora de resgatar o post do Projeto Tamar. O post antigo, com todas as nossas impressões lá de abril de 2015 continua integralmente no final deste, para que também seja possível acompanhar o que melhorou na estrutura capixaba do projeto.

Projeto TAMAR - Vitória/ES

Falando em revisitar, adoro o tema do projeto: 'porque elas crescem a cada visita', e é bem isso mesmo - embora a estrutura física não seja dinâmica, as pessoas ali e as tartarugas são, o que torna cada visita especial!


Como chegar a base do Projeto TAMAR em Vitória

O Projeto TAMAR está localizado ao lado da Praça do Papa, próximo ao Memorial da Paz e o Horto Mercado, na Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, 700, Enseada do Suá. É possível chegar ao Tamar de vários modais de transporte: bike, bus ou carro. 

Na entrada do Tamar existe um bicicletário, facilitando assim o uso da magrela para se chegar - e caso não seja de Vitória, a dica aqui é fazer um passe do Bike Vitória (falo um pouco aqui) e deixar a bike na estação que tem em frente ao Tamar (aí a outra dica é pegar a bike para retornar até às 17 hs, pois depois a busca por bikes ali é alta). Se a opção for chegar de busão, existe pontos em frente a Praça do Papa e uma diversidade de linhas que passam por ali (aí é checar de onde estará se deslocando). Se optar por ir de carro, também existe próximo a entrada do Tamar uma ampla área de estacionamento, permitindo que ande menos de 100 metros do carro até o Projeto.


O que fazer no Projeto Tamar

O Centro de Visitantes Tamar está na Ilha do Papagaio, um dos Parques Municipais de Vitória, e possui uma vista incrível para a Baía de Vitória e para o Convento da Penha. Além de exemplares de tartarugas marinhas vivas, no projeto também são apresentados os principais perigos que estes animais encontram na natureza, como se deu a sua evolução e onde são os principais pontos de desova no mundo e no Brasil.

Nos tanques é possível apreciar desde as tartarugas ainda pequeninas quanto adultas. Dependendo do horário da visita, é possível pegar o horário que elas se alimentam (às 16 horas) e caso vá aos sabádos neste horário, participar deste momento com o auxílio de um monitor do projeto. 

O último tanque instalado em 2017 permite ao visitante ver como as tartarugas se comportam embaixo da água através de uma espelho de vidro, que é fascinante. 

Tartarugas Marinhas - Tamar - Vitória/ES

Tanque 'novo' - Projeto Tamar - Vitória/ES

Hora do rango - Projeto Tamar - Vitória/ES

Projeto Tamar - Vitória/ES

Manu fascinada com a tartaruga - Projeto Tamar - Vitória/ES

Projeto Tamar - Vitória/ES

Projeto Tamar - Vitória/ES

Tanque Careba - Projeto Tamar - Vitória/ES

Porque nenhuma criança resiste! Projeto Tamar - Vitória/ES

Além dos dois tanques maiores, há outros pequenos, localizados próximos a entrada e com as tartarugas 'filhotes', além de uma coleção de tartarugas de fibra, que encanta fácil. Alias, por muito tempo Manu achou que estas tartarugas de fibra de vidro eram de verdade!

Tartarugas Marinhas Educativas - Projeto Tamar - Vitória/ES

Outro lugar no Tamar que merece a visitação é o Mirante. Dali se tem uma bela vista da baía de Vitória, e pelo caminho é possível aprender um pouco mais sobres estes animais que precisam de proteção. Parte do caminho é de terra batida, baixa inclinação e fácil de ser percorrido - embora não seja totalmente acessível. 

Caminho para o Mirante

No percurso para o Mirante é possível aprender algumas curiosidades sobre as tartarudas e também ver uma replica de Archelon, que é um fossíl de uma espécie extinta de tartaruga marinha, que media cerca de 4,6 metros e pesava até 3 toneladas. 

Archelon - Extinta tartaruga marinha - Projeto Tamar - Vitória/ES

Vista de uma das paradas do Projeto Tamar - Vitória/ES

Chegando ao Mirante, há algumas maquetes explicando a importância de Trindade para a reprodução de tartatugas, e uma vista de tirar o fôlego.

Bases do Tamar pelo Brasil

Eu e a pequena curtindo o visual

E se você acha que já acabou, no Tamar ainda tem uma pequena área com alguns brinquedos para as crianças, uma lanchonete (que tem uns chup-chup delícia), o auditório (que sempre está passando algum vídeo sobre o projeto) e a loja do Tamar.

Conferência de Tamanho - tartaruga oliva

Conferência de Tamanho: será que já é uma tartaruga de pente?

Loja do Tamar

Um abraço camarada


Para quem deseja fazer uma visita guiada, também há a possíbilidade. Aí é só se atentar aos horários (divulgados no site do Tamar) e acompahar o monitor. Também ocorrem esporadicamente solturas de tartaturas - e por isso é legal olhar a programação antes de ir visitar o projeto!

A entrada custa R$14,00 a inteira (Março/2018) e crianças até 5 anos a gratuidade é garantida. Se antes sugeriria 1 horas para este passeio, com os novos incrementos que o centro ganhou, agora sugiro umas 2 horas para ver tudo com calma.

No Centro de Visitantes tem bebedouro e banheiros. De acordo com o horário que for (principalmente no final da tarde), aconselho a levar repelente também.

No mais, vá conhecer o Tamar - Por que elas crescem a cada visita!


...............
Texto do Antigo Post sobre o Projeto Tamar

Da série "passeios que devem ser feitos em Vitória" destaco a ida ao Projeto Tamar. Indico este passeio para adultos e crianças que curtem um pouquinho de natureza e os que curtem um tantão. A localização permite que este passeio faça parte de um roteiro com outros passeios pela ilha.

Até o momento, fomos ao Tamar em 3 ocasiões: quando Manu tinha aproximadamente 3 meses, quando ela estava com cerca de 1a3m e agora em março (2015), com 2 anos. Neste tempo a locação dos equipamentos mudou, assim como a quantidade de tartarugas que já passaram por ali e a interação de Manu com o local.

Para conhecer o Tamar em Vitória, pode separar 1 hora. Neste tempo é possível andar pelos tanques, se tiver alguma palestra - assistir e dar uma descansada. Lá tem uma área equipada com mesa e banco - que dá para fazer um piquenique para os mais animados. Não tem fraldário, mas tem banheiro limpinho e bebedouro (só levar garrafa). Suba até o mirante - a vista é linda e dá direito a apreciar a terceira ponte e Convento da Penha.


Primeira vez da pequena no Tamar (2013)

Tomando um banho de sol (2013)

Sempre um encanto (2014)

Mirante (2014)

E a arte? (2014) 

Tartaruguinhas (2015)

Apreciando (2015) 

Uma pose no Mirante (2015)

Família (2015)

Vista do Mirante (2015) 

(2015)

A cara da arte (2015)

De pertinho (2015)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hidrolândia Parque - Iúna - ES

Santa Teresa: Roteiro de 2 dias para aproveitar a cidade

Conhecendo um pouco do Caparaó Capixaba